Recursos para pastores

5 maneiras de acabar com fofocas na igreja

Como as fofocas liquidam a comunhão.

5 maneiras de acabar com fofocas na igreja

Uma das coisas mais complicadas em qualquer ajuntamento de gente tem a ver com as palavras que são faladas, são as fofocas de hoje e de todos os dias. Por isso escrevi esse artigos sobre 5 maneiras de acabar com fofocas na igreja!
Algumas palavras são mais doces do mel, outras são mais amargas do que o fel. Quando se trata de falar muitas pessoas vão literalmente do céu ao inferno. George Harrisson disse que a fofoca é o rádio do Diabo.
Quando pensamos na igreja como uma comunidade imperfeita certamente que o poder da língua está presente. A língua tanto serve para edificar, como para derrubar. Serve para abençoar, mas também serve para amaldiçoar.
O que deve um pastor fazer para evitar tantos falatórios em sua igreja? Aqui estão algumas sugestões.
Bryant Evans em um artigo sobre como acabar com as fofocas na igreja faz as seguintes observações:

1. Faça um esforço consciente de monitorar suas palavras.

Ouça o que você está falando. Tome nota do que você fala, para quem você fala e precisamente o que você fala. Tenha certeza de que suas palavras são cristãs para a edificação e não para a destruição.

2. Faça um esforço consciente do que você ouve.

Tudo aquilo que chega à sua mente faz uma impressão. Não escute sobre os detalhes de alguém que você conhece. Tente mudar o tema da conversa ou saia da presença dessa pessoa.

3. Reaja contra a fofoca.

Você não precisa ser mal-educado, mas seja firme e deixe que as pessoas saibam que você não fará parte daquelas conversas. Recorde aos que vão falar alguma coisa se realmente vale a pena falar. Quando a conversa não lhe interessa, saia para fazer outras coisas.

4. Assuma que muitas conversas fiadas são falsas.

Quando ouvir alguma coisa ruim sobre outra pessoa você logo crê que aquilo é verdade? Que tal fazer o contrário e assumir que toda fofoca é falsa? Isso ajudará a controlar as pessoas? Como disse Millôr Fernandes: “Quando todo mundo quer saber é porque ninguém tem nada com isso.”

5. Deixe que a fofoca termine com você.

Se a fofoca depender de você para ir adiante? Você irá terminar com ela e vou repetir para outras pessoas? A fofoca tem que terminar com alguém, que seja com você. Conte durante uma semana quantas fofocas você “matou”.

Fofocas não se dão apenas no âmbito da igreja. Elas acontecem nos círculos pastorais, nas reuniões de liderança, nos pequenos grupos, nas visitas pastorais etc. Parece que as fofocas são os passatempos preferidos dos membros das igrejas. Impressionante o tanto de gente que fala dos outros!

Agora, como pastor você deveria ser proativo em relação aos falatórios. Muitas pessoas têm sido machucadas e feridas e quase nada se faz a respeito disso. Os pastores deveriam pregar sobre o tema, ensinar nos pequenos grupos, promover paz entre os faltosos. Além disso, deve-se repreender os fofoqueiros. Chamar para uma conversa em particular e informar que aquele procedimento não é bem visto e nem apreciado.
Que as palavras dos nossos lábios seja agradáveis ao Senhor e aos outros.

Antonio Carlos Barro
www.infopastor.com.br

Comentários