Recursos para pastores

7 perguntas sobre caráter, integridade e reputação

Tem certas situações em que vejo que nós, pastores, nos preocupamos muito mais com aquilo que é circunstancial do que com aquilo que crê nosso coração.

Precisamos fazer algumas perguntas:

1. Que circunstâncias tem determinado nossa vida? Será que o crescimento de uma igreja de um pastor amigo incomoda ao ponto de nos fazer querer o que ele tem?
2. Quais são as verdades que determinam o nosso caráter? Será que conseguimos pensar em algo não metafórico, mas prático que revele o que nosso coração realmente crê?
3. Qual é a nossa atitude quando pessoas pensam mal de nós? Será que estamos nos importando com aquilo que somos ou com a aparência que é mostrada em nossa vida?
4. Aquilo que nós somos é mais forte do que o que aparentamos ser? Quando nosso caráter é testado e a vida mudaria se tomássemos a atitude correta, ainda assim o fazemos, mesmo em prejuízo pessoal?
5. Será que a aparência que temos como pessoas está mostrando realmente que somos por trás da “fotografia”? Quando alguém nos questiona sobre nossa vida e dizemos que está tudo bem, mesmo estando em frangalhos, estamos nos importando com a fotografia ou com a face por trás da foto?
6. Ter coisas é que nos faz felizes? Ter uma grande igreja, um bom salário, poder sair de férias para onde desejamos… são estas coisas que nos motivam?
7. Quando chegar o seu dia, qual será a frase que Deus emitirá sobre você quando se encontrar com ele?

William Hersey Davis tentando fazer-nos diferenciar entre a ilusão do palco e a realidade da vida compara caráter e reputação quando diz:

“As circunstâncias nas quais você vive determinam sua reputação;
A verdade na qual você crê determina o seu caráter;
Reputação é o que pensam a seu respeito;
Caráter é aquilo que você é
Reputação é a fotografia;
Caráter é a face;
Reputação fará de você rico ou pobre;
Caráter fará de você feliz ou infeliz;
Reputação é o que os homens dizem a seu respeito no dia do seu funeral;
Caráter é o que os anjos falam de você perante o trono de Deus”.

O que você pensa sobre isso? Pode compartilhar alguma coisa a respeito desse assunto?

Deus abençoe!
Gedeon Lidório

Comentários