Recursos para pastores

9 conselhos aos Pastores para melhorar sua vida

Se nada servir, releia o conselho número sete

9 conselhos aos Pastores para melhorar sua vida

Fiz uma simples pergunta no meu Face: Que conselhos você daria a um pastor? Essa pergunta é um pouco inusitada porque normalmente sãos os pastores que dão conselhos aos outros. Daí, escrevi 9 conselhos aos Pastores para melhorar sua vida.

Como via de regra pastores não gostam de receber conselhos pela simples razão de que sabem tudo (ou quase tudo) e, portanto, não necessitam que alguém lhes diga alguma coisa.

Certamente que o parágrafo acima é uma pouco exagerado, mas não muito. Vou resumir abaixo os conselhos que foram publicados e minhas observações sobre os mesmos. Estão sem ordem de importância. Ou seja, cada um coloque esses conselhos na ordem de importância que estiver precisando nessa momento.

1. Cuide bem de sua própria vida.

Essa é a primeira missão de cada ser humano e ela também se aplica ao pastor.
O pastor é uma pessoa que em tese se preocupa com o bem estar dos outros. Ele “carrega” as dores da comunidade e nessa missão esquece-se de si mesmo, das suas necessidades e muitas vezes de sua própria saúde. Reveja suas prioridades, coloque em ordem o seu mundo interior.

2. Cuide bem de sua família.

Esse conselho tem sido dado com muita constância aos pastores e esse conselho tem sido constantemente relegado pelos pastores.
Pastores priorizam o trabalho da igreja em detrimento da família.
Pastores tem receio de que falem dele quando tira férias, vai passear com os filhos ou descansar uma semana com a esposa.
Guarde dinheiro para ir a um bom restaurante.

3. Lembre-se que você é ser humano.

Você tem limitações e muitas. Você tenta escondê-las com receio de alguém possa pensar menos de você. Quanto mais super-humano você fica, mas desumano se torna.

4. Não use o púlpito para descontar sua raiva.

Os pastores ficam com raiva dos crentes, dos líderes, de situações que fogem de seu controle.
Muitos usam o púlpito para enviar recados, dar broncas, mostrar descontentamento com a igreja. Isso é falta de maturidade espiritual e de bons princípios de liderança.

5. Procure ouvir mais o que as suas ovelhas estão lhe dizendo.

As pessoas estão sempre comentando sobre o seu pastorado. Bons e maus comentários.
Você ouve? Você ouve para aprender, crescer ou ouve apenas para rebater e se defender?
Aprenda a ser melhor líder ouvindo.

6. Você foi chamado para ser pastor, seja um.

Estude mais sobre o seu chamado. Aprenda mais sobre o que faz um pastor.
Seja melhor a cada dia que passa. Observe o contexto ao seu redor, aprenda como vivem os seus congregados. Faça cursos sobre pastorado. Leia livros de teologia e outras ciências afins.

7. Não tenha vergonha de fazer terapia.

Você precisa liberar os fardos que estão nas suas costas. Fale com alguém que está no ministério.
Se for caso, procure um profissional. É melhor consertar antes de estragar totalmente.

8. Seja leal para com a sua liderança e seu povo.

Não menospreze ninguém, especialmente os pobres e fracos da igreja.
Não faça acepção de pessoas. Não visite apenas os ricos e poderosos.
Que todos saibam que você é amigo, companheiro de caminhada e que podem contar sua lealdade ao narrar seus problemas a você.

9. Corra das tentações como o diabo corre da cruz.

Sem comentários aqui.

São bons conselhos. Leia, analise e veja o que serve para você.
Se nada servir, releia o conselho número sete.

Antonio Carlos Barro
Visite – www.sermao.com.br

Comentários