Recursos para pastores

A solidão do pastor é terrível

solidao pastoral

A conversa ocorreu recentemente. Um jovem me disse que seu pai, um pastor, cometeu suicídio. Ele falou sobre a dor que seu pai experimentou no ministério, bem como a intensa solidão.
Embora o suicídio não seja o caminho a seguir, eu sei de inúmeros pastores que experimentam a solidão em seu grau mais elevado. Eu sinto por esses pastores, e quero ajudar de qualquer maneira que eu puder. Talvez as minhas nove observações possam ser um ponto de partida para uma discussão saudável sobre este importante tema.

Três Causas
As três causas mais comuns de solidão compartilhadas comigo por pastores são importantes:

1. Os membros da igreja não querem ficar muito perto de um pastor. Na verdade, isso funciona nos dois sentidos. O pastor é visto como o líder espiritual da igreja. Para muitos, é difícil chegar perto de alguém que detém uma posição elevada.
2. O pastor está acostumado a dar em vez de receber. Em relacionamentos saudáveis​​, ambas as partes dão e sacrificam. O pastor está acostumado a dar e ministrar. Às vezes é difícil estar na posição de receber.
3. O pastor fica na defensiva. Muitos pastores foram chamuscados e feridos por membros da igreja. Como consequência, eles estão sempre “em guarda”, raramente capazes de baixar seus escudos defensivos para estar em um relacionamento saudável.

Três Perigos
Aqui estão as três consequências negativas mais comuns de solidão narradas por pastores:

1. Burnout. Relacionamentos saudáveis ​​energizam as pessoas. Solidão esgota a pessoa de energia. O pastor solitário é mais propenso a experimentar o burnout do que aqueles pastores que desenvolvem relações mutuamente saudáveis.
2. Fracasso moral. Infelizmente, alguns pastores procuram preencher os vazios criados pela solidão entrando em relacionamentos impróprios. Ministérios são destruídos, e as famílias são dilaceradas.
3. Depressão. Algum nível de depressão é inevitável ao pastor solitário. Algumas delas podem ser muito graves.

Três soluções
Eu peço a pastores que estão experimentando a solidão a tomar um ou todos os seguintes passos:

1. Encontre um confidente. Seja intencional sobre o desenvolvimento de um relacionamento saudável com alguém. Essa pessoa pode ser um pastor em outra cidade, mas não pare até você ter encontrado essa pessoa .
2. Envolva o seu cônjuge. Muitos pastores são relutantes em envolver seus cônjuges nos detalhes complicados da vida da igreja. Espero que você veja o seu cônjuge como seu melhor amigo com quem você pode compartilhar o bom e o ruim do ministério.
3. Obtenha ajuda profissional. Os pastores são os últimos a procurar ajuda profissional. Infelizmente, sua solidão pode degenerar em depressão, levando-os a deixar o ministério e até mesmo ter pensamentos suicidas. Por favor, obtenha ajuda antes que seja tarde demais.

Que sugestões você daria para pastores solitários?

Thom S. Rainer
fonte: ministrytodaymag.com

Comentários