Recursos para pastores

Se a muitas letras fazem delirar, as poucas letras fazem o quê?

paulo um homem cheio de conhecimento

O vocábulo usado por Festo, quando Paulo faz a sua defesa, expressa conhecimento, aprendizado. Paulo, em seu discurso, apresenta um vasto conhecimento não somente das Escrituras como também da literatura religiosa. Alguns acreditam que por ter muito tempo “livre” na prisão Paulo ele se devotou à leitura de textos. Apresento algumas traduções de Atos 26.24:

  • Muito aprendizado o torna louco.
  • As muitas letras te fazem delirar.
  • As muitas letras o estão levando à loucura!
  • Tanto estudo fê-lo perder o juízo!
  • As muitas letras tiram-te o juízo.
  • O teu muito saber tira-te o juízo.

A ideia é a de alguém que fala como se estivesse fora de si mesmo, não está em perfeito juízo. Paulo, de maneira enfática, afirma que não está doido, que não está fora do seu juízo.

Esse episódio nos faz crer que o Ap. Paulo era um homem culto, conhecedor dos textos do Antigo Testamento e da literatura rabínica. Devemos lembrar de dois outros eventos que ajudam a provar o seu vasto conhecimento.

A sua biografia narra que ele foi educado aos pés de Gamaliel. Essa expressão denota que ele era um estudante dos mais brilhantes, pois nem todos tinham a oportunidade de aprender com esse homem que era um dos principais mestres em Israel. Dele, Gamaliel, lemos: ““Quando Raban Gamaliel, o velho, faleceu, cessou a glória da Tora, e pereceram a pureza e a santidade [lit. “separação”].” — Sotah 9:15. Se você quer saber mais sobre esse mestre veja a fonte ao final desse texto.

Outro evento que mostra o quanto Paulo era um homem letrado foi quando ele pede ao filho na fé, Timóteo, que quando fosse visitá-lo em Roma levasse os livros e os pergaminhos. É de se admirar que uma pessoa presa e já nos últimos anos de vida tivesse ainda desejo de ler e continuar aprendendo.

Quão diferente nos dias de hoje as lideranças evangélicas.

Ouvimos dos pastores e crentes que se alguém estudar teologia há de perder a fé e principalmente o fervor espiritual. Essa pessoa deixará de ser crente, não mais se preocupará com a evangelização e assim por diante. Por isso, não são poucos os pregadores de hoje que abrem suas Bíblias e fazem discursos religiosos vazios de qualquer significado evangélico. Fazer um discurso religioso para enrolar a audiência  (que também é analfabeta de Bíblia) é a coisa mais fácil que existe. Veja um exemplo:

“Amém, irmãos! Nessa noite nós vamos falar das promessas de Deus. Vocês sabem que todas as promessas de Deus são verdadeiras porque ele não pode mentir. Você que veio aqui nessa noite achando que não há mais solução para o seu problema, mas eu quero lhe dizer que há. Deus vai realizar um milagre nessa noite. Quem crê diga amém. Não há impossível para Deus. Ele pode todas as coisas. Você precisa crer, pois sem a fé nada se alcança. Mas, se você veio aqui nessa noite o milagre vai acontecer. Coloque a mão no coração e repita comigo….”.

Veja que em tese “não há nada errado com esse discurso”. Todavia, ele apesar de ser extremamente religioso e simpático, é falho. Essas declarações são mentirosas. Faça um estudo sobre as promessas de Deus que você verá a verdade sobre elas.

Você frequenta uma igreja evangélica deve levar em consideração que uma boa parte dos pastores não estudam quase nada para pregar. Nesse sentido são péssimos profissionais. São pessoas que não realizam bem suas tarefas de alimentar o rebanho. Você se imagina fazendo uma cirurgia com um médico desatualizado com sua especialização? Você se imagina dando a construção de sua casa para um engenheiro que não está atualizado com técnicas modernas de construção? Você se imagina num avião em que o piloto anuncia que já faz muitos anos que ele não se atualiza e nada sabe sobre aquele avião?

Todavia, em se tratando de igreja você se coloca nas mãos de uns picaretas que são capazes de trucidar o texto bíblico e construir doutrinas apenas para controlar a sua vida. Mas, você gosta. O sujeito é ungido, tem o cajado, é o escolhido do Senhor. Sem dilemas, continue firme com esses profetas até chegar o dia em que você acordar e crescer. Danos espirituais certamente você sofrerá e por muito tempo.

Fica então o apelo ao pastores para se espelhem em Paulo. Se as muitas letras fazem delirar, as poucas letras matam.

Antonio Carlos Barro

Para ler mais sobre Gamaliel, clique aqui.

Deixe um comentário

avatar